Profile



16 Anos . Carioca, mais ou menos romântica mas com seus momentos de chatisse, sincera quando deve ser, taurina e o resto irá descobrir depois! Diferente do que eu realmente sou, você será meu espelho, refletindo toda minha imagem e sabendo cada detalhe sobre mim. Meu Tumblr é como meu coração, minhas lágrimas e meus sorrisos, traduzidos em palavras. Não custumo postar todo dia , e reblogo mais e posto menos .Gostou dos meus posts? Reblogue! Beijos & tudo de bom. E agradeço desde já aqueles que me seguem . *-*

WISHLIST

" E quando ele sorriu, eu percebi. Eu percebi que eu estava na merda .. "
LET'S TALK



Links

thinking on my dreams.| Retratos Ocultos.| was in a dream I found you.| NOME.|
sonhodocelindopesadelo.| Dreams Sweet Or Bitter| NOME.| NOME.|
NOME.| NOME.
NOME.


Something



COOL BLOGS


Credits

Theme adaptado por Iara Laurenti.. Código base por BlogSkins.
Não remova os créditos




Just The Way You Are




Dá vontade de desistir, mas a gente nunca desiste. Dá vontade de sumir, mas a gente nunca some. Dá vontade de jogar tudo pro alto e ser feliz, mas a gente nunca joga.
Autor Desconhecido   (via esplandecer)

(Source: rotulado, via beyondthe-couch)



O vento pode apagar o fogo, levar as folhas, espalhar a fumaça, refrescar seu rosto. Pode ser forte como um furacão que te despenteia, ou suave como uma brisa que seca levemente suas lágrimas. Pode trazer boas notícias, mas também levá-las para bem longe. Pode trazer um sentimento de conforto ou então Um medo que bate sem saber de onde vem. Pode dar uma carona para seus pensamentos e entregá-los para a pessoa desejada. E também pode te visitar com uma canção escrita especialmente pra você. Pode esparramar toda sua esperança por aí, sumir com seu desespero, soprar pra longe suas dúvidas e erros, mas esteja sempre preparado para que a qualquer momento ele te traga tudo de volta com um simples bocejo da noite.
Geovana Raval (via poeta-semlimite)

(Source: esconderijopontocom, via beyondthe-couch)



E quando você se declara, mesmo que de forma simples, eu não me aguento: Choro, sorrio e agradeço a Deus, tudo ao mesmo tempo, sem parar.
Juliana Mandim (via dezembro20)

Me fiz em mil pedaços pra você juntar. E queria sempre achar explicação pra o que eu sentia.

Legião Urbana.

(via oescritor)

(Source: itsburied, via oescritor)



Acabou, mas eu ainda tenho esperanças de que tudo volte a ser como era antes.

Tati Bernardi.

(via oescritor)

(Source: inverbos, via oescritor)



Fiz tudo, te dei o meu mundo. E você o quê? Joguei, lutei, arrisquei, amei! Gostei, um amor maior: impossível. E você o quê? Ultrapassei meu íntimo. Fechei meus olhos, os olhos da alma. Decidi ignorar meus padrões. Ocultei minhas raivas, algumas vezes não deu, disfarcei meus ciúmes, amaciei minhas mágoas. Do seu jeito fui levando, algumas vezes amor próprio me faltou, mas eu só queria seu amor. Por inúmeras vezes te amava mais do que o tudo. E pergunto: E você? O quê?



Então ouvi no rádio uma música que parecia conhecida. Dizia qualquer coisa como “a realidade não importa, o que importa é a ilusão” no que eu concordava plenamente. Pelo menos nos últimos meses, não me acontecera nada além de fantasias.
Caio Fernando Abreu   (via umgarotodramatico)

(Source: enttreaspas, via umgarotodramatico)



not—scared:

camilasss é foda huehue / tive q postar



Se eu me importo com coisas simples, é porque elas tem um significado pra mim.
Renan Tedeski (via sou-inseguro)

(Source: RUSTIFICAR, via roqueirinha321)



Tornou-me frio. Isso não estava nos meus planos. Por mais que nos momentos tristes, quando eu me encontrava desesperado por estar me afogando no imenso mar de sentimentos que havia dentro do meu peito e chorando, pedia para que Deus, o céu e o universo, alguém pudesse arrancar a dor de dentro de mim e acabasse com o sofrimento que parecia sem fim. Nunca imaginei que para acabar com a dor, tivessem que arrancar meu coração fora. Às vezes, sinto como se nada existisse dentro de mim, tudo parece ter se reduzido a um infinito nada, vazio, vácuo. Ironicamente, meu desejo se realizou, e cá estou eu reclamando desta sensação de solidão estrema, aquela que você consegue sentir incomodar até mesmo quando você está no meio de uma grande multidão. O pouco, o quase nada que me resta de emoção é suficiente para me fazer querer um pouco do que se perdeu, não me prendo a mais ninguém, sinto falta do friozinho no estômago, sinto fala de algumas coisas que eu achava bobeira. Muita gente me disse que eu mudei, e nitidamente, essa mudança não parece ter sido positiva. Muita gente anda sentindo falta do que eu costumava ser, principalmente eu.
Geovanne Vasques. (via oescritor)

(via oescritor)

1 2 3 4 5 Next

Código base por BlogSkins. e adaptado por Iara Laurenti..